quarta-feira, 12 de novembro de 2008

1 ano

Há um ano escrevi isto.
Já passou um ano. Entretanto já se passou tanta coisa.
Acredito que se esta criança ainda não veio, é porque seria impossível para mim lidar com ela nesta fase difícil que estou a viver.
Acredito que não engravidei ainda porque não era a altura. Porque era impossível gerar ou criar uma vida a viver neste caos em que me encontro actualmente.
É preciso arrumar a vida e a cabeça para um beber poder vir. E acredito que o facto de ainda não ter engravidado, foi Deus a mandar-me um sinal de que este bebé virá depois desta tempestada que tenho vivido, e que, uma parte dela, terá o seu fim amanhã.
Fico à tua espera....